Piano que pertenceu a Lennon ´faz turnê´ pela paz

O piano usado pelo ex-Beatle John Lennon para compor a canção pacifista Imagine está "fazendo uma turnê" por lugares onde aconteceram atos de violência nos Estados Unidos. Segundo a edição de segunda-feira, 16, do jornal britânico The Guardian, a "turnê" foi idéia do cantor George Michael e de seu parceiro Kenny Goss, dono de uma galeria de arte em Dallas, no Estado americano do Texas.O instrumento, comprado por Lennon em 1970, foi arrematado em um leilão há seis anos por Michael por US$ 1,5 milhão, um recorde na época.No sábado, o instrumento foi colocado na entrada do Ford´s Theatre, em Washington, local onde, há 142 anos, o presidente americano Abraham Lincoln foi assassinado.Na semana passada, o piano passou pela entrada de uma penitenciária em Huntsville, no Texas, no momento em que um prisioneiro condenado à morte era executado.Antes disso, a turnê passou por Dealey Plaza, em Dallas, e pelo motel Lorraine, em Memphis, no Estado do Tennessee - onde, respectivamente, o presidente John Kennedy e o pastor Martin Luther King foram assassinados.Londres ?Levando o piano a todos esses lugares nos lembramos que a violência é parte de nossa história?, disse George Michael. A organizadora da turnê, Caroline True, disse que a experiência está sendo emocionante e que muitos viajam quilômetros para ver o piano onde Lennon criou a canção que viria a se tornar um hino mundial pela paz."A idéia é tão simples e tão eficiente em sua mensagem às pessoas. Não estamos sendo políticos ou querendo expressar uma opinião, estamos apenas disseminando a imagem de paz", disse True.Depois de ser levado a outros cenários de eventos violentos nos Estados Unidos, o piano "viaja" para o campo de concentração de Auschwitz, na Polônia, e para Londres.Na capital britânica, o instrumento deve ser colocado na Torre de Londres, local de execuções durante séculos, e em lugares onde ocorreram atentados em 7 de julho de 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.