Pete Doherty é detido novamente por posse de drogas

O cantor britânico Pete Doherty, ex-namorado da modelo Kate Moss, foi detido em Londres pela segunda vez em dois meses por posse de drogas, confirmou hoje a Polícia britânica. Doherty, de 26 anos é vocalista do grupo Babyshambles, foi detido na quarta-feira enquanto passava pelo bairro Ealing, no oeste de Londres. "A Polícia parou o carro porque estava sendo conduzido de forma irregular", disse um porta-voz policial, acrescentando que os agentes apreenderam diversas "substâncias", mas não detalhou quais eram. O cantor, detido por posse de drogas pesadas, foi colocado em liberdade após pagar uma fiança após ser interrogado em uma delegacia do oeste da capital, onde deverá prestar contas novamente em janeiro. Segundo a legislação britânica, uma pessoa condenada por posse de drogas pesadas (cocaína, heroína e anfetaminas) pode ser condenada a até sete anos de prisão e multa. Não é a primeira vez que Doherty tem problemas com a Polícia, já que em 1º de outubro foi detido em uma operação antidrogas feita após um show de sua banda em Shrewsbury, no centro da Inglaterra. O músico, que admitiu abertamente que consome cocaína e heroína, ficou famoso após começar a namorar Kate Moss. Em setembro, a modelo de 31 anos foi alvo de um escândalo depois que um jornal publicou polêmicas fotos em que Moss aparecia consumindo cocaína com Doherty e alguns amigos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.