Pete Doherty diz que ele e Kate Moss não terminaram

Pete Doherty diz que seu relacionamento com Kate Moss ainda não acabou. O cantor britânico, integrante da banda Babyshambles, disse que os dois nunca chegaram a romper definitamente a relação.Pete disse ainda que Kate entrou em contato com ele enquanto estava na prisão, acusado de porte de drogas. Ele ficou em prisão preventiva de 27 de janeiro a oito de fevereiro. No fim das contas, foi condenado a 12 meses de trabalhos comunitários, segundo informa o site AnaNova.com."Kate precisava saber se eu estava bem, por isso me procurou", contou ele. "Ela arrumou um jeito de me mandar uma mensagem dizendo o quanto me amava e se preocupava comigo. Saber disso me deu muita paz naquele momento. Quando eu estava preso, era só nela que eu pensava". E concluiu: "Até entendo o motivo de a gente não se falar. Mas até onde eu sei, nós nunca terminamos. Eu simplesmente nunca aceitei isso e acho que ela também não". No entanto, nesse tempo em que o casal ficou distanciado, Kate Moss foi vista em clima de romance com um rapaz chamado Jamie Burke, de 20 anos, em Aspen. Segundo o jornal The Sun, Linda, mãe de Kate, declarou: "Jamie é um verdadeiro cavalheiro, diferente de Pete". Kate Moss e Pete Doherty tiveram um namoro conturbado. Ela foi fotografada, em setembro do ano passado, consumindo cocaína num estúdio de gravação junto com Pete. Depois disso, se internou numa clínica de reabilitação e chegou a ser interrogada pela polícia de Londres, além de perder importantes contratos com marcas como a Chanel.

Agencia Estado,

13 de fevereiro de 2006 | 18h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.