Pertences de fundador do Pink Floyd são leiloados

Os objetos pessoais do fundador da banda britânica Pink Floyd, Syd Barrett, que morreu em julho, aos 60 anos, vítima de câncer no pâncreas, serão leiloados na semana que vem na Inglaterra, segundo informações divulgadas nesta sexta-feira. Entre os itens que vão a leilão na próxima quarta-feira na casa Cheffins, em Cambridge, estão uma árvore de Natal artificial, uma panela para fazer pão caseiro, cadeiras, sofás, uma pá, parte de sua coleção musical, alto-falantes, guitarras elétricas e pôsteres do grupo. Após a morte de Barrett um dos integrantes do Pink Floyd, David Gilmour, anunciou que o grupo lançará um disco em homenagem ao fundador, que incluirá a versão ao vivo de Arnold Layne, gravada por Gilmour e David Bowie no Royal Albert Hall em maio. O álbum também contará com a versão acústica de Gilmour de Dark Globe. Barrett, considerado o "cérebro" por trás de Pink Floyd, passou 30 anos vivendo uma vida modesta e suburbana em Cambridge, deixando como herança quase US$ 2 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.