Percussionista Naná Vasconcelos é internado em Olinda

Ele foi internado com complicações pulmonares na madrugada desta quinta-feira

Solange Spigliatti, do estadao.com.br

07 de dezembro de 2007 | 14h44

O percussionista Naná Vasconcelos, de 63 anos, foi internado na UTI do Hospital São Salvador, em Olinda, Pernambuco, na madrugada desta quinta-feira, 6, com complicações pulmonares devido ao tabagismo. Segundo informações do Dr. Paulo Rodrigues, o músico sofreu um pneumotórax, que é o acúmulo de ar na membrana do pulmão, decorrente do hábito de fumar há mais de 40 anos.   "Devido ao fumo de longa data, mesmo ele tendo parado há 2 anos, foi desenvolvido um enfisema pulmonar. Houve uma ruptura de uma bolha no pulmão, ou seja, vazou ar do pulmão para a cavidade torácica", afirma Rodrigues.   Vasconcelos foi submetido a uma drenagem de tórax ontem, procedimento cirúrgico de pequeno porte. Ele permanece com o dreno para avaliação dos médicos.   Seu estado de saúde é estável, segundo o médico, que o avaliou na manhã desta sexta. "Ele está consciente, se alimentando e conversando normalmente", confirma, mas mesmo assim, não há previsão de alta, "devido á doença que ainda não nos dá a segurança para uma alta", conclui.   O músico começou a passar mal na noite da última quarta-feira, com fortes dores no peito. Ele foi encaminhado para um primeiro atendimento de emergência no hospital da Unimed em Recife e depois da confirmação da necessidade de internação em UTI, foi transferido para o São Salvador, em Olinda.

Tudo o que sabemos sobre:
Naná Vasconcelos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.