WILTON JUNIOR/ESTADÃO
WILTON JUNIOR/ESTADÃO

Pepeu Gomes e Baby do Brasil vão tocar juntos depois de 27 anos

Encontro ocorrerá na próxima edição do Rock in Rio, em setembro, e também contará com a participação de Pedro Baby, filho do casal

Roberta Pennafort, O Estado de S. Paulo

23 de junho de 2015 | 17h11

RIO - Nomes indissociáveis nos anos 1970 e 1980, o guitarrista Pepeu Gomes e a cantora Baby do Brasil se separaram em 1988 e nunca mais se apresentaram em dupla. O que a vida separou o Rock in Rio vai reunir – e o oficiante vai ser um dos seis filhos do casal, o também guitarrista Pedro Baby. Pai, mãe e filho tocam juntos no Palco Sunset no dia 20 de setembro, com um repertório que deve incluir sucessos dos anos dos Novos Baianos e dos posteriores: Tinindo trincando, Sem pecado e sem juízo, Menino do Rio, Telúrica, Masculino e feminino e Todo dia era dia de índio.

"É um encontro de família, isso é algo raro no mundo. No meu show, 99,9% das músicas são do Pepeu, digo que 'se alguém encontrar o Pepeu por aí, avisa que ele está sendo homenageado aqui!'", Baby brincou no anúncio oficial do Rock in Rio, nesta terça-feira, 23. "São seis filhos, tanta música... O que vai estar ali no palco é como se nenhum segundo tivesse passado."

Pepeu exaltou a química entre os dois. "O Pedro foi muito feliz com essa ideia. Ele é o meu representante, é a guitarra brasileira. Vai ser bom olhar para trás no palco e vê-lo", disse. "Além de ser um encontro familiar, é musical. Somos artistas na ativa até hoje. Vamos mostrar toda essa química que a gente construiu. A gente sempre procurou montar a nossa escola Novos Baianos na nossa música. Faço workshops no Brasil inteiro e me perguntam como era aquela época. A química não se perde. Se a gente sair daqui agora, fará um show igualzinho ao que fazíamos."
Tudo o que sabemos sobre:
Rock in RioPepeu GomesBaby do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.