Pedro Mariano lança "Voz no Ouvido"

Pedro Mariano faz amanhã, no Blen Blen Brasil, um show do novo repertório de Voz no Ouvido, seu segundo CD, que está sendo lançando neste mês pela Trama. A turnê oficial começa em agosto. "Considero esses shows ainda como ensaios abertos, adoráveis pela presença do público que, na verdade, são os principais medidores em todas as apresentações", afirma. "Há ainda muito para ajustar, pois nem sempre o que é legal no CD funciona bem para o palco." Por trás dessas preocupações, um tanto perfeccionistas, algumas características da personalidade de Pedro e do novo trabalho transparecem com sutileza. Uma delas, muito evidente, são os arranjos elaborados, co-produzidos com o pai, César Camargo Mariano. "Gosto muito dessa elaboração, que está muito clara nesse disco, mas nem sempre ela pode ser levada para o palco", diz. Outra é o fato de ele apreciar mais o clima dos shows do que o do estúdio. "O disco é um instrumento para mim, mas o que realmente gosto é o calor das apresentações." De certa maneira, o intérprete levou esse clima para o estúdio, quando gravava Voz no Ouvido. Munido de uma banda excelente, que, como conta, tem intimidade musical, Pedro fez música do jeito como se fazia antigamente: tratou a composição com o cuidado que ela merece, não obedecendo ao falso tempo que o mercado dá para que uma obra seja realizada. Princípio esse que aprendeu com o pai e a mãe, Elis Regina. "A emoção é marcante nesse álbum, não só em razão de eu ter trabalho pela primeira vez com o César, mas pela forma como reuni essa turma" informa. "Há algum tempo todos estão envolvidos nesse projeto, pois praticamente estiveram presentes tanto nos shows que fiz para testar esse novo repertório quanto na vida pessoal, pois também são amigos, com quais jogo bola." Amizades à parte, o jovem elenco é ótimo - estará em peso no show de amanhã - e leu perfeitamente as intenções musicais de Pedro e os arranjos de César.Pedro Mariano. Amanhã,a partir das 22 horas. R$ 10,00. Blen Blen Brasil. Rua Inácio Pereira da Rocha, 520, tel. 212-2890

Agencia Estado,

18 de julho de 2000 | 15h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.