Pearl Jam e Bruce Springsteen fazem shows contra Bush

Em uma campanha política semprecedentes, mais de 20 artistas - entre eles Bruce Springsteen,Pearl Jam e Dixie Chicks - realizarão shows em diversos Estadosnorte-americanos com o objetivo de arrecadar fundos paraderrotar a candidatura de George W. Bush nas eleiçõespresidenciais de novembro. Os espetáculos começaram em 1.º de outubro na Pensilvânia.Haverá até seis shows por dia em cidades de Estados aindaindecisos politicamente e que, segundo estimativas, poderiaminfluenciar o resultado da disputa pela presidência dos EstadosUnidos. A turnê também fará escala na Carolina do Norte, em Ohio, emMichigan, em Iowa, em Minnesota, no Missouri, em Wisconsin e naFlórida, o Estado que decidiu a eleição de 2000. "Nossa intenção é apresentar uma série de ideais progressistase mudar os ocupantes da Casa Branca", disse Springsteen, fazendosuas declarações políticas mais francas em 30 anos de carreiradurante entrevista à The Associated Press. "Desta forma, mediremos o sucesso ou o fracasso da campanha.Trata-se de algo bem claro e simples." Artistas de diferentes gerações e diversos gêneros musicaisparticiparão da turnê "Vote em favor da mudança". Os showsocorrerão entre 1.º e 8 de outubro. Serão 34 espetáculos em 28cidades americanas. O dinheiro arrecadado será doado à organização America ComeTogether (ACT), que em sua página na internet promete fazer"descarrilar a agenda republicana de extrema direita derrotandoGeorge W. Bush". Os milhões de dólares de arrecadação antecipada serãoaplicados nas campanhas políticas nos Estados indecisos", disseEllen Malcolm, presidente da ACT. Além de Springsteen, Pearl Jam e Dixie Chicks, haverá shows deJurassic 5, John Mellencamp, Bonnie Raitt, Jackson Browne,Babyface, Bright Eyes e Dave Matthews.

Agencia Estado,

04 de agosto de 2004 | 16h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.