Pavarotti é operado e cancela show com Roberto Carlos

O tenor italiano Luciano Pavarotti, de 70 anos, foi operado para a remoção de um tumor maligno no pâncreas e está reagindo bem à intervenção cirúrgica, informou nesta sexta-feira sua agente, Terri Robson.Após o comunicado de sua agente, a Accioly Entretenimento e a DCSET, empresas organizadoras do show ?Encontro de Reis?, que reuniria Luciano Pavarotti e o ?Rei? Roberto Carlos, comunicaram o cancelamento do show que aconteceria em Belo Horizonte. O show gratuito estava marcado para o dia 7 de outubro, em Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais. Deveria ter acontecido em março, mas foi adiado poucos dias antes da data prevista, devido a complicações de saúde de Pavarotti, que foi hospitalizado em Nova York.No final de junho, Pavarotti cancelou novamente uma série de concertos que faria no Reino Unido devido a problemas de saúde. Estava se preparando para sair de Nova York e apresentar concertos no Reino Unido quando os médicos descobriram o tumor no pâncreas.Pavarotti cancelou, no final de junho, uma série de concertos que faria no Reino Unido devido a problemas de saúde. Estava se preparando para sair de Nova York e apresentar concertos no Reino Unido quando os médicos descobriram o tumor no pâncreas."Felizmente, o tumor foi completamente removido durante a cirurgia", disse Terri Robson. "Pavarotti se recupera bem, está mostrando resistência física e emocional".Como conseqüência do tratamento a que Pavarotti terá que ser submetido, todos os concertos deste ano foram canceleados, disse Terri. As turnês devem começar no início de 2007. O tenor fez sua estréia em La Boheme, de Puccini, em Reggio Emilia, na Itália, em 1961. A fama veio quando interpretou Toni em La Fille du Regiment, de Domenico Gaetano Maria Donizetti, no Metropolitan Opera, em Nova York, na década de 60. Junto com Plácido Domingo e José Carreras formou os Três Tenores, trio que se apresentou em mais de 34 concertos de 1990 a 2003. Eles cantaram juntos em quatro partidas finais da Copa do Mundo, em Roma (1990), Los Angeles (1994), Paris (1998) e Yokohama (2002). Atualmente, Pavarotti é um dos cantores de maior reconhecimento internacional. (Matéria alterada às 15h30, com novas informações)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.