Pavarotti aceita pagar impostos atrasados

O cantor italiano Luciano Pavarotti chegou a um acordo com o Ministério da Fazenda de seu país para pagar cerca de US$ 12 milhões e resolver um processo de evasão fiscal aberto contra ele.O tenor tinha marcado uma reunião pessoal com o ministro Ottaviano del Turco para pôr fim à disputa de quatro anos que travou com os fiscais da receita da Itália.Pavarotti, que sempre negou ter cometido algum delito, declarou sentir-se desconcertado. O cantor, que estabeleceu residência oficial no paraíso fiscal de Montecarlo, foi acusado em 1996 de apresentar declarações de impostos erradas entre 1989 e 1991.

Agencia Estado,

27 de julho de 2000 | 14h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.