Paulista, carioca e goiano, na final do Prêmio Visa

Um júri formado pelo pianista, regente e compositor Nelson Ayres, o maestro Lutero Rodrigues, o compositor Arrigo Barnabé, as cantoras Jane Duboc, Mônica Salmaso e Zélia Duncan e o saxofonista Roberto Sion decidem hoje quem será o vencedor do 8.º Prêmio Visa de Música Brasileira - Edição Vocal.Três cantoras paulistas, um cantor goiano e um quarteto carioca de estilos peculiares disputam a final no Tom Brasil Nações Unidas: Ana Luiza, Cris Aflalo, Izabel Padovani, Rubi e Nós Quatro.Confira o perfil dos candidatosAs apresentadoras Patrícia Palumbo e Rose de Oliveira, da Rádio Eldorado (realizadora do prêmio com a Visa do Brasil), serão mestras-de-cerimônias ao lado do crítico e produtor musical Nelson Motta. Patrícia e Motta também participam de um talk show com o baiano Tom Zé, que vai contar histórias e cantar algumas músicas enquanto o júri avalia a apresentação dos candidatos. O evento será transmitido ao vivo pela Eldorado AM (700 KHz) e FM (92,9 MHz). Por sorteio, Ana Luiza ficou com a abertura da noite e vai interpretar Pai Grande (Milton Nascimento), Você não Sabe (Roberto Carlos/Erasmo Carlos) e Minha Filha (Luís Felipe Gama). Em seguida, Rubi canta Inverno (José Miguel Wisnik), Astrolábios (Gero Camilo/Kléber Albuquerque) e Pra Eu Parar de me Doer (Milton Nascimento/Fernando Brant). Cris Aflalo mantém a fidelidade ao cancioneiro do avô Xerém, de quem vai interpretar No Automóvel não e um medley com Lamento do Sabiá e Alegria Mora Comigo, além de Pato Preto, de Tom Jobim. Para Izabel Padovani, que vive na Áustria e há quatro anos não vinha ao País, esta foi "a melhor maneira de voltar". "Se eu cheguei à final é porque o Visa é realmente um prêmio livre de corrupção, às avessas do Brasil", assinala. Ela exibe sua técnica em Circuladô de Fulô (Caetano Veloso/Haroldo de Campos), Foi no Mês Que Vem (Vitor Ramil) e Frevo Diabo (Edu Lobo/Chico Buarque). Nós Quatro, um grupo novo, apesar de formado por veteranos, encerra a noite. Formado por Célia Vaz, Márcio Lott, Fabíola e Ana Zinger, traz canções gravadas em seu primeiro CD: Nada Será como antes/Maria Maria (Milton Nascimento/Fernando Brant/Ronaldo Bastos), Você É Linda (Caetano Veloso), Qui nem Jiló (Luiz Gonzaga/Humberto Teixeira).8.º Prêmio Visa de Música Brasileira. Tom Brasil das Nações Unidas. R. Bragança Paulista, 1.281, Sto. Amaro, São Paulo, fone (11) 2163-2000. Hoje, 20h30. R$ 15 e R$ 20

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.