Paula Santoro: a dona da voz da "Aquarela do Brasil"

Quem já assistiu a algum capítulo da minissérie Aquarela do Brasil certamente ouviu a cantora mineira Paula Santoro, dona da voz da personagem de Maria Fernanda Cândido. Amanhã a artista faz única apresentação no Sesc de São João do Meriti dentro do projeto Novo Canto, tendo como padrinho o cantor e compositor Chico César.No show, a cantora pretende mostrar canções em português, inglês e espanhol. Chico César abre o show com quatro canções e Paula segue interpretando 12 músicas. Entre os destaques, as inéditas Guerreiro, presente de Chico César, e La Enorme Soledad, com letra de Maísa e música de Marcus Viana. A cantora interpreta também canções de Aldir Blanc, Lenine, Milton Nascimento, Beatles e Totonho Villeroy, autor de músicas que vêm fazendo sucesso na voz de Ana Carolina e Ivan Lins. Neste show a acompanham André Carneiro (contrabaixo), Dudu Caribé (guitarra e violão), Kadú Lambach (guitarra e violão) e Mila Schiavo (percussão).História - Paula é natural de Belo Horizonte e está há dois anos e meio no Rio de Janeiro. Com voz marcante e um CD gravado, Santo , lançado em 1996 pela Paradoxx, Paula tem feito algumas apresentações e participado das gravações da minissérie global.Para ela, este é um momento de encontro com sua personalidade artística. "O primeiro CD que gravei não tinha muito de mim, era um estilo meio pop imposto pela gravadora", diz. Paula afirma que está em um bom momento, encontrando o seu "estilo". "O que eu faço é música popular brasileira, mas com muita influência do afro e tambores de Minas e da música espanhola. Afinal, sou brasileira e latina", completa. Pretende lançar um novo disco no ano que vem que, segundo ela, vai se parecer mais com o que ela acredita em termos musicais.Entre os momentos marcantes da carreira de 14 anos, estão a participação no Brahma Brasil Festival, em Sanary, na França, em 1998, ao lado de Fernanda Abreu, Paralamas do Sucesso, Gilberto Gil e Skank e o musical Aldir Blanc, uma Cara Bacana, ao lado de Lucinha e Cláudio Lins, em 1999.Este ano Paula foi convidada pelo amigo Marcus Viana, diretor musical de Aquarela do Brasil para fazer o teste de seleção para a voz da personagem Isa, de Maria Fernanda Cândido. Desde então, ela acompanha a atriz e o processo de gravação. "Tem que ser o mais perfeito possível", conta. Paula já havia trabalhado com Marcus Viana nas produções das novelas Pantanal e Ana Raio e Zé Trovão da Rede Manchete.A paixão pela música começou aos cinco anos quando, escondida atrás da porta, ouvia os saraus do avô, médico e violinista, e amigos. Desde então, resolveu seguir seus passos. Paula abandonou a faculdade de medicina no segundo ano. A escolha pela música é definitiva.Paula Santoro - dia 18, às 21h, no Sesc de São João de Meriti (Av. Automóvel Clube, 66 - Centro). Ingressos a R$ 5 (inteira), R$ 3 (meia entrada para maiores de 65 anos, estudantes e comerciários). Mais informações pelo telefone (21) 4377990.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.