Paula Lima debuta em grande palco

Paula Lima chegou ao lugar que estava em seus sonhos há pouco mais de uns cinco anos, quando ainda cursava direito e entoava Ella Fitzgerald no chuveiro. Na noite de amanhã, um grande palco de São Paulo será seu, pela primeira vez, para o lançamento oficial de seu álbum É Isso Aí, por pelo menos duas horas. Desligada oficialmente do grupo que a revelou há dois anos, o Funk Como Le Gusta, a paulistana se apresenta no Directv Music Hall com uma nova banda, que gosta de definir sua sonoridade como "um chocolate: doce e densa." O disco não chega como um campeão de vendagens em potencial. Calcula-se que não tenham sido comercializadas mais de 4 mil cópias. Sua gravadora, a novíssima Regata Musica, tem pouco mais de um ano e ainda não acumulou o poder de fogo de uma Warner.De cult a pop - Mas algo tem feito Paula Lima escalar agilmente o monte que separa o artista underground e cult daqueles que caem no gosto popular. Suas músicas chegaram às emissoras comerciais rapidamente e já figuram entre as mais executadas. Programas como os de Hebe Camargo e Ana Maria Braga lhe fazem convites para participações. É uma trajetória incomum. Paula é uma autêntica cria dos bares da noite de São Paulo. Gravou com o rapper Thaíde, fez parte da banda Zomba, cantou com o funkeiro Skowa. Nos shows que passou a fazer com o Funk Como le Gusta, despertou o interesse de um circuito ainda restrito, formado pelos notívagos mais antenados. É Isso Aí, a princípio, não chegou para fazer estrondo repentino. O que foi bom, no sentido de que não provocou uma super exposição de sua imagem. Produzido por Max de Castro, o disco embalou os acentos da black music americana impregnados nos vocais da cantora em arranjos da soul music moderna. Ed Motta co-produziu as faixas Perdão Talvez e As Famosas Gargalhadas do Yuka. Gerson King Combo, Ivo Meireles, Xis e Seu Jorge também comparecem. As que despontam como hits são É isso aí, Quero Ver Você no Baile, Sai Daqui Tristeza e um samba rock irresistível, gravado ainda na época do Funk Como Le Gusta e antes registrado por Elza Soares chamado Meu Guarda Chuva. Paula Lima. Amanhã, às 21h . DirecTV Music Hall (Av. dos Jamaris, 213 - Moema. Tels: (11) 3191-0011 e 5643-2500) Preços: de R$ 25 a R$ 80.

Agencia Estado,

21 de setembro de 2001 | 11h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.