Paul McCartney usa pulseira produzida por menino durante show

Garoto havia conseguido entradas para a apresentação do ex-beatle no novo estádio do Palmeiras após fazer campanha pela internet

O Estado de S. Paulo

27 de novembro de 2014 | 15h39

O menino Matheus Bustamante Battiato não imaginaria que, no dia seguinte ao show de seu beatle favorito em São Paulo, veria os jornais do País publicando fotos do cantor portando muito mais do que um de seus icônicos baixos. Destoando do visual sóbrio do britânico, lá estava, no braço esquerdo, uma das inúmeras pulseirinhas de borracha que o menino produziu durante os últimos meses para arrecadar dinheiro e assistir à apresentação no Arena do Palmeiras.

Aquele era o grand finale da série de momentos emocionantes pelos quais o menino de 10 anos passou desde que, ajudado pela tia, Daniela Bustamante, lançou no Facebook uma campanha para divulgar as pulseirinhas e conseguir o dinheiro para as entradas. Depois de "ralar duro", o garoto anunciou em um vídeo que havia angariado os 800 reais, o que garantiria espaço no show. A conquista, no entanto, era apenas a primeira.

Depois de virar notícia pela internet, o feito do garoto chegou aos ouvidos da produção de Paul McCartney, que convidou o menino e a tia para entregarem em mãos a singela bijuteria artesanal. Matheus já havia preparado duas delas especialmente para o ídolo: uma completamente amarela, referência a Yellow Submarine, clássico dos Beatles, e outro com o verde-amarelo característico do Brasil.

Após esperar por mais de duas horas, os dois foram recebidos pelo Beatle quinze minutos antes do show, realizado nesta quarta, 26. Em um vídeo publicado logo após o encontro, o menino aparece visivelmente emocionado. "Eu falei com o Paul e ele me disse coisas muito boas", contou, às lágrimas. Segundo Daniela postou em sua conta na rede social, o britânico chamou seu sobrinho de "bracelet boy" (menino do bracelete) e ela de "the super aut (a super tia). Paul conversou com eles por cerca de cinco minutos, incentivando o garoto a continuar com as metas, pois, assim, "conseguiria tudo o que quisesse". 

Tudo o que sabemos sobre:
Paul McCartneyBeatles

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.