Paul McCartney resgatará material inédito dos Wings

'At the Speed of Sound' e 'Vênus and Mars' serão reeditados

EFE

30 de julho de 2014 | 10h10

" SRC="/CMS/ICONS/MM.PNG" STYLE="FLOAT: LEFT; MARGIN: 10PX 10PX 10PX 0PX;

 

O ex-beatle Paul McCartney resgatará parte do material inédito da banda Wings, formada por ele em 1971, com a reedição dos discos At the Speed of Sound e Vênus and Mars, que deverão ser lançados no próximo dia 23 de setembro.

A gravadora Universal Music informou na terça-feira, 29, que ambos os álbuns serão publicados em uma grande variedade de formatos, sendo que o primeiro volume incluirá o material original remasterizado e, o segundo, várias demos e também faixas desconhecidas para o grande público.

Além da 'deluxe', que incluirá um livro com entrevistas e materiais do próprio arquivo pessoal do artista, outra edição especial acrescentará um DVD com as gravações da época e cenas que nunca antes exibidas.

Após a dissolução dos Beatles, McCartney formou a banda Wings junto de sua então esposa, Linda, e do guitarrista de Moody Blues Denny Laine. No total, a banda teve três formações diferentes e lançou nove discos até sua dissolução, como Band on the Run (1973).

Seguindo o êxito comercial deste álbum e um estilo muito similar, a banda lançou em 1975 o disco Vênus and Mars, já com Jimmy McCulloch e Geoff Britton na formação, embora este último tenha sido substituído por Joe English.

O disco, gravado entre Londres e Nova Orleans, alcançou o topo das paradas tanto no Reino Unido como nos EUA e trazia faixas como Listen to What the Man Said.

Na sequência, apenas um ano depois, a banda lançou clássico Wings at the Speed of Sound (1976), que repetiu o mesmo sucesso do anterior e liderou as vendas nos EUA (número 2 no Reino Unido). Em seu repertório figuram músicas como Silly love Songs e LeT 'em in.

Tudo o que sabemos sobre:
Paul McCartneyWingsLinda McCartney

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.