Estadão
Estadão

Paul McCartney é aguardado em hotel de SP

Fãs esperam o Beatle descer do quarto para tentar pegar autógrafos

João Paulo Carvalho, O Estado de S. Paulo

26 de novembro de 2014 | 15h12

Os funcionários do hotel na zona sul de São Paulo fazem um esquema especial para garantir a segurança de Paul McCartney na tarde desta quarta-feira, 26. Cerca de 20 homens estão à espera do ex-beatle do lado de fora do local. "Geralmente não têm tudo isso, amigo. Costuma ser bem mais tranquilo", garante um segurança que não quis se identificar a reportagem do Estado.

Enquanto o britânico não deixa o quarto, diversos fãs se aglomeram no saguão do hotel. São dezenas de discos dos Beatles, camisetas, além de revistas e recortes de jornais.

A expectativa é de que Paul deixe o hotel antes das 16h, mas há a possibilidade do inglês driblar o público e sair do local pela entrada dos fundos.

Sonho. A estudante Evelyn Nogueira, 18, tem um sonho: conseguir o autógrafo de Sir Paul McCartney. "Ele é um dos meus maiores ídolos. Trata-se de um Beatle. Não tem como ignorar isso", brinca a garota.

Evelyn já conseguiu fotos e autógrafos de todos os seus ídolos: Kings of Leon, Queens of the Stone Age, Deep Purple, The Name, MGMT etc. "Sempre vou aos hotéis para conseguir ficar mais próxima dos meus rock stars prediletos. Acho que é uma maneira de mostrar o quanto eles são importantes para mim", relata a fã, que tem um caderno só com os registros dos artistas.

Na tarde da última terça-feira, 25, Evelyn viu o ídolo de longe. "Ele passou por nós, mas tinha um número elevado de pessoas. Foi muito rápido, não deu tempo. Espero que hoje dê tudo certo", complementa.

O clima é de tranquilidade dentro do hotel. Alguns torcedores do Atlético Nacional, da Colômbia, também estão no saguão à espera dos jogadores do time que enfrenta o São Paulo na segunda partida da semifinal da Copa Sul-Americana na noite desta quarta-feira, 26, no estádio do Morumbi.

Tudo o que sabemos sobre:
Paul McCartneySão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.