Reuters
Reuters

Paul McCartney cancela shows no Japão por motivos de saúde

Ex-beatle faria quatro espetáculos no país

EFE

20 de maio de 2014 | 09h36

Paul McCartney cancelou os quatro shows que estavam previstos em sua turnê pelo Japão por não ter se recuperado totalmente de uma doença, anunciou nesta terça-feira a produtora dos eventos.

O artista britânico tinha apresentações previstas nos dias 17 e 18 no Estádio Nacional de Tóquio, no dia 21 na arena Budokan da capital e no dia 24 no Estádio Yanmar Nagai de Osaka.

::: Cultura Estadão nas redes sociais :::
:: Facebook ::
::  Twitter ::

Os dois primeiros shows foram cancelados no fim de semana "por motivos de saúde" e, finalmente, o músico de 71 anos teve que cancelar toda a turnê no Japão por não ter se recuperado a tempo de uma virose.

O artista "não se encontra em um estado de saúde adequado para fazer uma apresentação, conforme o diagnóstico dos médicos, que recomendaram repouso total", afirmou a produtora da turnê no Japão, Kyodo Tokiom, em comunicado.

McCartney, por sua vez, afirmou que "tinha muita vontade de tocar no Japão após o incrível show de novembro", em referência a sua apresentação anterior no Estádio Nacional de Tóquio, e expressou sua confiança de "voltar a ver em breve" seus fãs japoneses. "Cancelar estas apresentações é muito decepcionante para mim também", declarou o artista na nota, na qual também agradeceu seus fãs japoneses "por seu amor, mensagens de apoio e compreensão".

O espetáculo da quarta-feira na arena Budokan tinha um componente simbólico para os beatlemaníacos, pois seria a primeira vez em que McCartney voltaria a tocar nesse palco desde a sua apresentação com a lendária banda britânica em 1966. O próximo show programado da turnê internacional Out There do ex-Beatle será no dia 28 em Seul, na Coreia do Sul.

Tudo o que sabemos sobre:
Paul McCartneyJapãoShows

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.