EFE
EFE

Patti Smith e Kronos Quartet ganham o Prêmio Polar de Música

Júris destacaram potencial e dedicação dos artistas, em comunicado oficial da premiação sueca

EFE,

03 de maio de 2011 | 11h20

COPENHAGUE - A cantora de rock Patti Smith e o grupo de música clássica Kronos Quartet, ambos americanos, ganharam nesta terça-feira, 03, em Estocolmo, na Suécia, o Prêmio Polar de Música.

 

O júri destacou que Patti Smith "dedicou sua vida à arte em todas suas formas", demonstrando "quanto rock and roll há na poesia e quanta poesia há no rock and roll".

 

Em relação ao Kronos Quartet, o júri revelou que "revolucionou o potencial do gênero de quarteto de cordas quanto ao estilo e ao conteúdo".

 

O comunicado acrescenta que sua obra pode ser usada para tocar a música de Mozart e de Beethoven, mas também para "comentar a política internacional, interpretar rock vanguardista e incorporar música de cada esquina do mundo".

 

Patti Smith e o Kronos Qartet receberão 1 milhão de coroas suecas (R$ 260 mil) cada das mãos do rei Carlos XVI Gustavo na cerimônia de entrega do prêmio, que será realizada em 30 de agosto no Stockholms Konserthus.

 

Patti Smith iniciou sua carreira artística como poeta no início da década de 1970 e, de suas leituras públicas de poesia, surgiu um trio com Lenny Kaye e Richard Sohl com o qual tocou de forma regular em Nova York, inclusive no lendário Max's Kansas City.

 

Retirou-se da vida pública em 1979, ao se casar com Fred "Sonic" Smith, guitarrista da banda de rock de garagem americana MC5 e retornou aos palcos em 1995.

 

O Kronos Quartet tem suas origens em 1973. Desde então, colaborou com diversos músicos, desde compositores de vanguarda até intérpretes de jazz e de rock como Tom Waits e David Bowie.

 

O Prêmio Polar de Música foi criado em 1989 por Stig Andersson, compositor e empresário do grupo Abba.

 

Desde que começou a ser entregue, o prêmio distinguiu artistas como B.B. King, Bob Dylan, Elton John, Bruce Springsteen, Stevie Wonder, Pink Floyd, Dizzy Gillespie, Sonny Rollins e Gilberto Gil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.