Pastor anglicano está farto de escutar Tina Turner nos funerais

Líder espiritual queixa-se que 'as mensagens doces das estrelas do pop tenham substituído as orações'

Efe,

20 de outubro de 2009 | 15h32

Um pastor anglicano declarou em seu blog que está farto de realizar funerais ao som de canções de Tina Turner e outros ídolos da música pop.

 

Ed Tomlinson, de 35 anos, queixa-se que "as mensagens doces das estrelas do pop tenham substituído os hinos e as orações do passado", informou hoje o jornal The Daily Telegraph.

 

Segundo o sacerdote, embora os partidários de uma sociedade laica acreditem ter conseguido uma vitória sobre a Igreja, os infiéis "vão acabar na fogueira sem esperança alguma de ressurreição".

 

"Nos últimos anos comprovei que muitas famílias às que assisti com funerais não tinham o menor desejo que os estes tivessem o mínimo conteúdo cristão", critica.

 

"Pensei em assistir a uma cremação como um limão e perguntar-me que fazia eu em um funeral durante o qual os alto-falantes vomitavam melodias de Tina Turner ou outras sentimentais de algum poeta humanista", comentou em seu blog.

 

Segundo o sacerdote, o aumento do número de funerais laicos é um sinal da atual marginalização da Igreja.

 

"É preocupante o fato de que o cuidado pastoral fique nas mãos de pessoas cujo único objetivo é fazer dinheiro", afirma.

Tudo o que sabemos sobre:
Tina Turner

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.