Parlapatões participam de show pela paz

Paz tem sido a palavra de ordem noSesc Pompéia desde o dia 15, quando teve início a programação do"Show pela Paz" - realizado pela União Nacional dos Estudantes(UNE), como parte da 2.ª Bienal de Cultura e Artes. Depois deKarnak, Arnaldo Antunes, Língua de Trapo e Clube do Balançodarem um grito contra a violência, outros artistas participam doencontro desta quarta e quinta-feira em favor da justiçasocial. Sob a direção de Georgette Fadel, o espetáculoBiedermann e os Incendiários, será apresentado nesta quarta-feira,às 20 horas. Em cena, um pequeno-burguês dá abrigo a umdesconhecido, depois de vários incêndios terem causado pânico nacidade. O que Biedermann descobre depois é que o hóspede trouxeainda um amigo e galões de gasolina. Às 22 horas será a vez de os Parlapatões divertirem opúblico com um dos sucessos do repertório da companhia, Nadade Novo, de 1991. No elenco, Hugo Possolo, Raul Barreto,Claudinei Brandão e Atílio Marsiglia fazem um verdadeiropatchwork com números circenses, teatro e outras técnicas dehumor para falar da solidão humana. A agenda encerra na quinta-feira com a apresentação dapeça Pequenos Trabalhos para Velhos Palhaços, da SarauAgência de Cultura, do Rio, às 20 horas, e o show Liliputz,da Armatrux, de Belo Horizonte, às 22 horas. O primeiro,dirigido por André Paes Leme, aborda a função do artista e suascondições de sobrevivência no mercado de trabalho. Já emLiliputz, uma banda musical de marionetes mostra um repertóriocom sucessos da MPB, em meio a efeitos especiais. A direção e aprodução levam a assinatura de Andrea Caruso.Hoje, a Choperiado Sesc também será palco para o lançamento e a leitura daCarta - Manifesto pela Paz e por uma Cultura Democrática,feita por Sérgio Mamberti. "A cultura deve ser vista comoprocesso de restauração e transformação da sociedade", defendeo ator. "Ela tem o poder de unir e incluir, reconhecendo odireito à diferença. Além de ser uma das melhores formas desubstituir a violência por solidariedade e paz."Serviço - Show pela Paz. Quarta e quinta-feira, a partir das20 horas. R$ 2,50 (estudantes) e R$ 5,00. Teatro do SescPompéia. Rua Clélia, 93, zona oeste de São Paulo.tel. 3871-7700

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.