Para bater recorde mundial, músico toca em oito países em 24 horas

Um músico alemão que queria quebrar um recorde mundial e promover seu novo CD se apresentou em oito países diferentes neste final de semana - tudo isso em 24 horas.

Michelle Martin, Reuters Life!

27 de setembro de 2010 | 13h24

Vicente Patiz, 34, se apresentou primeiro na cidade de Oberhausen, no noroeste da Alemanha, no sábado. Em seguida, dirigiu por mais de mil quilômetros para dar mais shows na Bélgica, Holanda, Luxemburgo, França, Suíça e Liechtenstein, realizando sua derradeira apresentação na Áustria, no domingo.

Nos concertos Patiz tocou composições suas, interpretadas ao violão e típicas de países da região do Mediterrâneo. As apresentações duraram de uma hora a uma hora e meia e contaram com a presença de entre 20 a 100 pessoas.

"Os shows não foram realizados em horários sociáveis", afirmou. "Foi um pouco difícil fazer com que os suíços fossem ver uma apresentação de manhã bem cedo."

"Estou um pouco cansado, mas muito orgulhoso", afirmou o músico profissional. O feito está em vias de ser registrado no Livro Guinness dos Recordes, disse ele.

O recorde atual pertence a Jeff Aug, que em março de 2009 se apresentou em seis países em 24 horas.

Tudo o que sabemos sobre:
Vicente Patizrecorde

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.