papparazzi

O casamento de Madonna é a "maior cobertura sobre nada" dos últimos anos. A pop star conduz o evento da maneira mais discreta possível. Assim, a imprensa internacional está promovendo um festival de rumores não-confirmados e suposições estapafúrdias.Ao contrário do que havia sido largamente antecipado, Elton John não deve comparacer à cerimônia, já que vai estar gravando um programa de TV em Londres. "Mesmo se ele tivesse um teletransportador seria difícil de conseguir estar no casamento", disse um representante do cantor, que, de acordo com os tablóides ingleses, iria cantar e tocar piano na festa.A cantora também não deve usar a tiara de diamantes que foi de Grace Kelly ou uma bota de caubói cravejada de diamantes, conforme havia sido amplamente divulgado. A imprensa internacional dificilmente terá acesso a imagens da cerimônia, já que o esquema de segurança do castelo de Skibo vai incluir até uma "revista íntima" aos homens que estiverem usando kilts. Os mais de mil jornalistas que estão acampados na pequena cidade de Dornoch provavelmente vão ter de se contentar com informações duvidosas ou pouco reveladoras. A TV americana mostrou ontem, por exemplo, uma entrevista com dois homens que carregaram a caixa do bolo do casamento. "Era uma caixa marrom", disse um deles.Aparentemente, no casamento da estrela mais fotografada do mundo qualquer informação pode ser amplificada e usada para confirmar outros rumores. De acordo com o jornal "New York Post", por exemplo, a joalheira que vendeu um bracelete de diamantes de US$ 72 mil para a pop star garante que Stella McCartney teria dito que a peça vai "combinar com o estilo gótico do vestido de noiva". Confirma-se assim os rumores de que a estilista, que é filha de Paul McCartney, assina mesmo o traje.E na falta de declarações oficiais de estrelas de Hollywood, vale transformar a reverenda Susan Brown em celebridade. A religiosa conduziu o batizado de Rocco, na noite de ontem, e vai celebrar a união de Madonna e Ritchie. Afirmando nunca ter comprado um disco da cantora ou visto algum dos filmes do cineasta, ela tem se mostrado discreta, mas sem deixar de marcar certa presença. "Acho que ela fez um filme inspirado em mim, Procura-se Susan Desesperadamente", brincou.O que é inegável é que Madonna tomou o lugar da princesa Diana como a celebridade mais procurada pelos tablóides e pela imprensa internacional. Para a cidade de Dornoch, nem a presença recente da rainha Elizabeth e da rainha-mãe, com uma banda de gaita de foles, despertou tanta curiosidade na região.

Agencia Estado,

22 de dezembro de 2000 | 14h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.