Paparazzi são presos após perseguirem Britney Spears

Fotógrafos são acusados de dirigir perigosamente enquanto seguiam a cantora

AP,

18 de janeiro de 2008 | 08h41

Quatro paparazzi foram presos por dirigir perigosamente enquanto perseguiam o carro da cantora Britney Spear em Valle de San Fernando.   Roberto Maciel, de 31 anos; Leandro Gomes, de 30; Filipi Teixeira, de 27 e Eduardo Ravalah, de 34, foram detidos após acusados de seguir, às 11h30 desta quarta-feira, 16, uma Mercedes branca em alta velocidade e trocar diversas vezes de faixas de maneira imprudente.     Os acusados ficaram presos para investigação, mas foram soltos após pagar uma fiança de 5 mil dólares cada, disse o porta-voz da polícia Jason Lee.   Não foi possível conseguir o telefone dos fotógrafos, nem se sabe para qual veículos os profissionais trabalham.   Muñoz afirmou ainda que a cantora de 26 anos também foi parada e interrogada, mas a deixaram ir após verificar sua carteira de motorista.

Tudo o que sabemos sobre:
Britnet Spears

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.