Pai de Britney Spears mantém controle sobre suas finanças

Comissária judicial determinou que o pai da cantora continuará sob o controle por mais 5 meses

Associated Press,

06 de março de 2008 | 16h09

Uma comissária judicial determinou que o pai de Britney Spears mantenha o controle das finanças e do patrimônio da transtornada estrela pop durante mais cinco meses. Veja também:Britney Spears volta a visitar os filhos Reva Goetz estendeu o controle de Jamie Spears sobre os bens de sua filha até 31 de julho, disse o porta-voz do tribunal, Alan Parachini. O porta-voz não pode ampliar sua informação a quarta-feira. O pai de Britney foi designado conservador do patrimônio da cantora depois de ela ter sido hospitalizada duas vezes em janeiro. Sua autoridade temporária para manejar seus assuntos vencia em 10 de março. No ano passado, antes de ser internada, Britney Spears não saiu das páginas policiais, protagonizando escândalos um atrás do outro, raspou a cabeça, bateu em um carro com um guarda-chuva, usou vestidos sem calcinhas e abandonou seu carro no meio da rua. Devido a esses transtornos de conduta e hospitalizações, a corte retirou dela a custódia dos filhos Jayden James, de 1 ano, e Sean Preston, de 2 anos, e passou a guarda para o pai das crianças e ex-marido de Britney, Kevin Federline. Britney recebeu permissão para visitar brevemente seus filhos pela primeira vez em dois meses no final de fevereiro.  Paralelamente, ela e Federline tinham aceitado uma modificação da ordem da corte que retirou de Britney seu direito de visita, segundo disse o advogado de Federline, Mark Vincent Kaplan. Os pais de Britney foram para Los Angeles na época da segunda internação da cantora e fizeram gestões para que ela pudesse visitar seus filhos.

Tudo o que sabemos sobre:
Britney Spears

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.