Pai de Amy Winehouse diz que ela tem enfisema pulmonar

A cantora de soul Amy Winehouse Soul,de 24 anos, está com enfisema, uma doença pulmonar, e seusmédicos a alertaram que se continuar a usar drogas vai morrerdessa enfermidade, disse o pai dela, Mitch Winehouse, em umaentrevista no domingo. Mitch Winehouse afirmou que a doença, que é incurável eprovoca dificuldades respiratórias, foi diagnosticada quandosua filha passou por vários exames em um hospital. "Os médicos lhe disseram que se voltar a fumar drogas issonão apenas vai arruinar sua voz, mas irá matá-la", disse ele naentrevista ao jornal Sunday Mirror. "Os médicos disseram que seela continuasse no caminho que estava seguindo se tornaria umainválida, não teria condições de respirar." Ele acrescentou: "Ela tem enfisema. Está no estágioinicial, mas eles apresentaram um quadro muito claro de que, setivesse continuado assim por mais um mês, estaria sentada comouma pessoa velha, usando uma máscara no rosto e se esforçandopara conseguir respirar. Por fumar crack e cigarros, os pulmõesdela ficaram sujos. Há nódulos em volta do peito e marcasnegras. Ela tem 70 por cento da capacidade pulmonar." O pai da cantora disse ainda que um raio de esperançasurgiu depois que ela passou um período no hospital na semanapassada e reiniciou o tratamento contra a dependência dedrogas, que já era um fato bastante divulgado pela mídia. "Se ela não voltar a usar drogas, então ela pode levar estavida magnífica", disse ele. "Estamos rezando para que isso sejao que Amy realmente quer. Ela parece decidida." Ele pediu queos traficantes de drogas a ajudem a recuperar-se, recusando-sea supri-la de crack. Mitch Winehouse acrescentou que não há nenhum impedimentomédico para que ela se apresente no próximo fim de semana noGlastonbury Festival. Em outras ocasiões, o trabalho a ajudou aficar longe das drogas. "Se ela não tivesse feito os recentes shows em Moscou ePortugal, poderia estar morta agora", disse ele. "Ela se abstémde drogas e regula o uso delas quando tem de fazer um show." Winehouse ganhou cinco prêmios Grammy em fevereiro e obtevesucesso de vendas com seu álbum "Back to Black". (Reportagem de Peter Griffiths)

REUTERS

23 de junho de 2008 | 12h08

Tudo o que sabemos sobre:
MUSICAWINEHOUSEENFISEMA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.