Pagodinho traz a SP o hino da seleção

O samba Deixa a Vida Me Levar,de Serginho Meriti, gravado por Zeca Pagodinho, foi escolhidopor Felipão, técnico da seleção pentacampeã, para motivar osjogadores. Pelo resultado alcançado, deve ter dado certo. Masmesmo se a seleção não conquistasse o quinto título mundial, osamba continuaria sendo sucesso. Já era sucesso antes. O show Deixa a Vida Me Levar estreou no dia 1.º demaio, ao ar livre, em Copacabana, no Rio. Não foi apresentadoainda em casa fechada. São Paulo ficou com a honra: Zeca sobenesta sexta e neste sábado ao palco do Olympia e repete a dose de sexta adomingo da semana que vem. Terá como convidado especial - naturalmente - o próprioSerginho Meriti, uma das grandes autoridades do samba carioca,embora figura pouco conhecida do grande público. A direção do espetáculo fica a cargo do especialistaTúlio Feliciano, que já assina a qualidade cênica dos shows deZeca há muito tempo e - nunca é demais lembrar - é quem melhordirige música no País. Túlio gosta de trabalhar com blocos temáticos. Dividiu onovo show em oito quadros. Um fala das noitadas de samba, outroé só de partidos altos, um terceiro trata das crianças (e contacom a participaçaõ de Eduardo, filho de Zeca, de 14 anos). Outro quadro é dedicado aos artistas que freqüentam asrodas de samba promovidas por Zeca - gente que ele revela, quandograva, porque reverencia. A direção musical é do violonistaPaulão e Zeca não esquecerá os sucessos, como Samba prasMoças ou Verdade.Serviço Zeca Pagodinho. Sexta e sábado, às 22h30. De R$ 15,00 a R$ 35,00(estudantes) e de R$ 30,00 a R$ 70,00. Olympia. Rua Clélia, 1.517, tel. (11)3866-3000. Até 27/7.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.