Ozzy Osbourne vence queixa por direitos autorais

A Justiça americana deu razão a Ozzy Osbourne no processo movido por dois músicos, que diziam ter sido enganados pelo roqueiro. O baixista RobertDaisley e o baterista Lee Kerslake entraram com uma ação em 1998 exigindo direitos autorais de gravações dos álbuns Blizzard of Ozz e Diary of a Madman. Os músicos reclamavam crédito pela composição de músicas que agora estão sendo veiculadas em comerciais de TV e jogos. Mas hoje um tribunal da Califórnia desqualificou a ação, que citava tanto o roqueiro com sua mulher, Sharon Osbourne, além das gravadoras envolvidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.