DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO
DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO

Ozzy fala em turnê final do Black Sabbath em 2016

Lenda do metal participou de entrevista coletiva em SP do festival Monsters of Rock

Guilherme Sobota, O Estado de S. Paulo

24 de abril de 2015 | 21h08

Com as respostas secas e rápidas que só uma verdadeira lenda pode dar sem parecer estúpida, Ozzy Osbourne levou os jornalistas e fotógrafos às gargalhadas mais de uma vez na noite desta sexta-feira, 24, em São Paulo, na coletiva de imprensa do festival Monsters of Rock. 

"Vou fazer os shows deste ano com a banda solo, ano que vem temos a última turnê do Black Sabbath e então posso fazer música nova", disse o músico quando questionado sobre o futuro. "Minha esposa gasta todo meu dinheiro, então eu preciso continuar", disse,  aos risos.

Sobre o Monsters of Rock, em que Ozzy toca neste sábado, 25, ele afirmou estar animado como sempre. "Eu amo vir à América do Sul,  vocês têm música correndo nas veias."

"Acredito que tenho sorte em encontrar tantos músicos bons ao longo da minha carreira", comentou,  ao lado de Gus G., guitarrista de 34 anos que o acompanha na turnê. "Para um músico, não há honra maior do que tocar com Ozzy Osbourne", disse G., e Ozzy respondeu: "Me custou muito dinheiro fazer ele falar isso".

Questionado sobre a relação com Justin Bieber, Ozzy disse que, na verdade, os dois são bons amigos (mesma resposta que ele deu quando perguntaram como estava sua relação com Deus). Mas quando perguntaram se ele conhecia alguma música de Bieber, respondeu: "Você está totalmente chapado?".

Sobre o Black Sabbath, Ozzy comentou a produção de Rick Rubin para o álbum 13, de 2013, primeiro número um da banda na parada americana. "Ele nos motivou a buscar um espírito mais livre, como no primeiro álbum do Sabbath, que tinha mais elementos de jazz e blues", explicou. "Ele nos deu um álbum número um, então não tenho do que reclamar."

Os antigos hábitos de pintura também vieram à tona durante a conversa: "Eu não uso drogas mais, então também não pinto".

Além de Ozzy e banda, também estiveram lá os membros do Judas Priest, Primal Fear e De La Tierra.

"É a melhor vida do mundo para um grupo de caras como nós", disse um carismático Rob Halford, também lendário vocalista do Judas Priest, sobre viagens em turnê. "Há sempre novo heavy metal para ser escrito", comentou sobre o álbum mais recente da banda, Redeemer of Souls, primeiro disco do Judas Priest a entrar no Top 10 da Billboard.

O álbum foi gravado com um novo guitarrista,  Richie Faulkner. "Foi uma verdadeira aula tocar com esses caras", disse Faulkner, bem mais jovem que os companheiros de banda. "Ficamos muito orgulhosos com esse feito na Billboard", comentou. "O top 10 sempre tem muito country, pop, e aí chega uma banda e põe heavy metal na cara de todos", comparou.

O centro das atrações na rodada do Primal Fear foi o baterista brasileiro Aquiles Priester,  ex-Angra, que toca com a banda alemã desde 2014. "Quando comecei com o Hangar, a gente tocava músicas do primeiro álbum do Primal Fear, então é como viver um conto de fadas", comentou. "Queríamos o melhor do melhor, e, como vocês sabem, Aquiles é um dos melhores do mundo", disse o vocalista Ralf Scheepers.

Os representantes da América Latina no Monsters são da banda De La Tierra, de Andreas Kisser, Alex González (México, bateria), e os argentinos Flavio Cianciarullo (baixo) e Andrés Giménez (guitarra), estes dois presentes na coletiva. "É tão difícil entrar no mercado em português, mas estamos aqui e vamos tocar no Rock in Rio em setembro, estamos muito bem", comentou Giménez. "Metal é um sentimento", concluiu. 

Cianciarullo falou sobre o fato de a banda cantar metal em espanhol. "Cada grupo tem que cantar como achar melhor,  sem preconceitos", acrescentou, após comentar que a banda experimenta ao cantar músicas em "portunhol".

Tudo o que sabemos sobre:
Monsters of Rock

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • Netflix divulga as 5 séries internacionais preferidas do público brasileiro
  • Projeta Brasil do Cinemark apresenta filmes brasileiros por apenas R$ 4
  • Glória Maria faz cirurgia para remover lesão cerebral e passa bem
  • ‘Sonic - O Filme’: Internautas aprovam ‘reforma’ do personagem; assista
  • Lollapalooza Brasil 2020: confira o line up por dia 

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.