Divulgação
Divulgação

Ouça cinco clássicos de Dorival Caymmi, que completaria 101 anos

Cantor e compositor baiano que faria aniversário nesta quinta, 30, criou grandes clássicos da música brasileira; veja vídeos

O Estado de S. Paulo

30 de abril de 2015 | 13h57

 A Bahia, seus costumes, suas comidas, a imensidão de seu mar e de sua fé, está impregnada em cada verso das quase 100 músicas compostas por Dorival Caymmi, que completaria 101 anos nesta quinta-feira, 30. Nascido em Salvador, morreu no Rio, em 16 de agosto de 2008. 

Também, ator e pintor, fez da simplicidade o seu mantra e a transformou em perfeição, que expressa em clássicos como Saudade da Bahia, Promessa de Pescador, Maracangalha, João Valentão, Oração da Mãe Menininha... Na longa carreira de Caymmi, foram poucas as composições, todas criadas sem atropelo, sem pressa.Um exercício de paciência e perfeccionismo. 

É dessa filosofia de vida e arte que nasceram obras-primas como Dora, Marina, Samba da Minha Terra, Você Já Foi à Bahia?, O Mar, É Doce Morrer no Mar, A Jangada Voltou Só, entre tantas outras. São canções praieiras, de perdas, saudade, de amor, em que a sensualidade feminina tem forte presença, como em Rosa Morena "com seu andar de moça prosa"; O Mar, “Rosinha de Chica, a mais bonitinha e mais bem feitinha de todas as mocinhas lá do arraiá”; No Tabuleiro da Baiana, "no coração da baiana também tem sedução, cangerê, ilusão, candomblé"; Dora, "agora no meu pensamento eu te vejo requebrando pra cá, ora pra lá"; Lá Vem a Baiana, "mostrando os encantos, falando dos santos dizendo que é filha do senhor do Bonfim".

Reverenciada em prosa e verso, afinal, O Que É Que a Baiana Tem? Transformada em música, a musa inspiradora de Caymmi também o levou ao sucesso, quando ele tinha 24 anos, em 1938. E interpretada por Carmem Miranda no filme Banana da Terra, do mesmo ano, impulsionou a carreira internacional da cantora.

Tudo o que sabemos sobre:
músicaDorival Caymmi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.