Osesp divulga programação de 2001

Foi divulgada no domingo, em um evento realizado na Sala São Paulo, a temporada 2001 da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Com um orçamento previsto em torno de R$ 15 milhões, a temporada terá 38 concertos, divididos em quatro assinaturas, além de uma turnê pelo Brasil no segundo semestre.Doze dos concertos serão dirigidos pelo diretor artístico John Neschling e oito por seu assistente, o maestro Roberto Minczuck. Para reger os demais concertos foram convidados maestros de expressão internacional como Alain Lombard, Paavo Berglund, Gerard Schwarz, Miguel Harth Bedoyz, Carlos Kalmar, Ronald Zollman, Theodor Guschlbauer, Rafel Frübeck de Burgos, James Judd, Jan Krenz, Lígia Amadio e Celso Antunes.A orquestra vai receber, também, importantes solistas, como os pianistas brasileiros Nélson Freire, Ricardo Castro e Jean-Louis Steuerman, a violinista Elisabeth Batiashvili, a harpista Marielle Nordmann, o violoncelista Boris Pergamenschikov, os pianistas Dezso Ranki, Melvyn Tan, Gerhard Oppitz, Michel Dalberto e Nikolai Demidenko e o violinista Boris Belkin.A orquestra dará continuidade ao Projeto Criadores do Brasil que, este ano, promoveu a audição de diversas obras de autores brasileiros. Em 2001, serão interpretados autores como Carlos Gomes, Tato Taborda, Almeida Prado, Carlos da Fonseca e João de Deus de Castro Lobo.O repertório dos concertos é bastante diversificado, indo de Bach - de quem a orquestra interpreta a Missa em Si Menor- a Massimo Lauricella, compositor italiano que terá sua peça Poi Che non Vi Sarà Piu Notte estreada pela orquestra. Um dos destaques é a presença, no ano em que se lembram os cem anos da morte de Giuseppe Verdi, do Requiem do compositor, com a presença de quatro importantes cantores verdianos: Norma Fantini, Luciana D´Intino, Fabio Sartori e Carlo Colombara.Em 2001, a Osesp passa, também, a incluir ópera em seu repertório. Além do 3.º ato de Macbeth, de Verdi, o grupo interpreta também The Rake´s Progress, de Stravinski, em versão de concerto.

Agencia Estado,

04 de dezembro de 2000 | 16h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.