Osesp apresenta a obra sinfônica de Jobim

O projeto Jobim Sinfônico apresenta hoje e na quarta-feira concertos com a obra sinfônica de Tom Jobim. Sob a regência do maestro Roberto Minczuk, 68 componentes da Osesp e um coro vão inundar a Sala São Paulo com uma faceta pouco conhecida de um dos maiores músicos brasileiros. Tom Jobim, apesar de ter-se dedicado à música popular, mostrava em seu trabalho de compositor, arranjador e instrumentista, um virtuosismo digno de um maestro. O repertório contará com 20 canções de Tom Jobim que ele próprio considerava próximas da musica de câmara. Uma delas é a música Lenda, inédita escrita em 1954. Antonio Carlos Brasileiro Jobim, segundo revelam depoimentos de familiares, acalentava o projeto de criar música de câmara, o que acabou por não fazer. Entretanto, os traços deste estilo da música erudita são evidentes em vários de seus momentos. São estes momentos da carreira de Tom Jobim que o projeto Jobim Sinfônico pretende recuperar. Com participação especial de Milton Nascimento, as duas apresentações do Jobim Sinfônico em São Paulo vão servir para gravar um CD duplo e um DVD.Jobim Sinfônico - Duas apresentações na Sala São Paulo. Segunda: apresentação fechada para convidados. Quarta: grátis para alunos da Escola de Música Antonio Carlos Jobim e preços populares para o público.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.