Osbourne e Mariah Carey, os piores de todos os tempos

Ozzy Osbourne, Mariah Carey, Céline Dion e Yoko Ono são alguns dos artistas com as vozes mais insuportáveis de todos os tempos, elegeram especialistas em música e jornalistas da revista britânica Q Magazine. A lista dos piores inclui apenas dez nomes e não está numerada. Além do ranking, na edição de março aparece também uma lista com os melhores de todos os tempos. Meio século após o início de sua carreira, o roqueiro Elvis Presley continua sendo o rei, seguido por Aretha Franklin e Frank Sinatra em uma parada com as 100 melhores vozes da história. Comentando a inclusão de Ozzy Osbourne na lista dos piores, os votantes disseram que o roqueiro, que já foi uma verdadeira potência do metal, hoje "canta como fala". Segundo a revista, isso pode despertar simpatia, mas não o desejo de comprar seus discos. Mariah Carey entrou na lista das piores vozes porque, segundo o painel, a cantora "grasna" e canta tão alto que faz ninhos de passarinhos caírem das árvores. Já Yoko Ono "grita" e Céline Dion "espreme cada nota" como se estivesse com raiva. Na lista dos melhores, sete entre os dez primeiros colocados já morreram: o campeão Elvis, Frank Sinatra, Otis Redding, John Lennon, Marvin Gaye, Kurt Cobain e Jeff Buckley. Os únicos cantores vivos a aparecer na lista são Robert Plant, em oitavo lugar, e Mick Jagger, em nono. Nenhum cantor brasileiro aparece na lista, que inclui apenas um representante da chamada world music: o paquistanês Nusrat Fateh Ali Khan, na 56.ª posição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.