"Os Mutantes" está entre os mais experimentais

O grupo Os Mutantes teve seu primeiro álbum, Os Mutantes, de 1968, incluído em uma lista dos 50 discos mais experimentais de todos os tempos, feita na edição deste mês da conceituada revista musical britânica Mojo. Entre as canções do álbum estão faixas como Panis et Circensis, Bat Macumba, Baby e Le Premier Bonheur du Jour.Os Mutantes obtiveram a 12ª posição na lista dos 50 Most Out There Albums of All Time (algo como os 50 Discos Mais Experimentais de Todos os Tempos), ficando à frente de nomes como Beatles, Pink Floyd, Ennio Morricone e Frank Zappa.O primeiro colocado na lista da Mojo foi o álbum Trout Mask Replica, de Captain Beefheart e The Magic Band. O disco de 1969 produzido por Frank Zappa promove uma desconstrução do blues com toques psicodélicos. Os 50 Discos Mais Experimentais (Destaques) 1. Captain Beefheart - Trout Mask Replica (1969) 2. Sun Ra - Space Is The Place (1973) 3. Miles Davis - Agharta (1975) 4. Funkadelic - Maggot Brain (1971) 5. Butthole Surfers - Locust Abortion Technician (1987) 6. Faust - The Faust Tapes (1973) 7. The Jimi Hendrix Experience - Axis: Bold as Love (1967) 8. John Coltrane - Ascension (1966) 9. The United States of America - The United States of America (1968) 10. White Noise - An Electric Storm (1969) 12. Os Mutantes - Os Mutantes (1968) 13. The Velvet Underground - The Velvet Underground (1968) 14. Beatles - Sgt. Pepper´s Lonely Hearts Club Band (1967) 23. Frank Zappa - Lumpy Gravy (1967) 40. Pink Floyd - The Piper at the Gates Dawn (1967)

Agencia Estado,

11 de fevereiro de 2005 | 18h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.