Orquestra do Século XVIII faz três concertos

Depois de se apresentar na cidade em1999, também na temporada da Sociedade de Cultura Artística, aOrquestra do Século XVIII está de volta a São Paulo para umanova série de apresentações. Serão três concertos - de terça a quinta -, mais uma vez sob a regência do grandeviolinista austríaco Thomas Zehetmair. E com um atrativo a mais:a presença do flautista brasileiro Ricardo Kanji, freqüentesolista convidado do grupo holandês, que participa da turnê peloPaís. Criada em 1981, reunindo mais de 50 intérpretes de 16países, a Orquestra do Século XVIII, como o próprio nome indica,possui um repertório bastante definido, de autores do século 18e início do 19. E para os concertos desta semana, o grupoescolheu um programa bastante significativo. DeHaydn, a Sinfonia nº 83 (todos os dias). De Mozart, aSinfonia Concertante em Mi Bemol Maior para Violino e Viola K364 (terça e quarta-feira), a Sinfonia nº 39 em Si BemolMaior K 543 (terça) e o Concerto nº 1 para Violino eOrquestra em Si Bemol Maior K 207 (quinta). Quarta-feira edepois, completa os programas a Sinfonia nº 1 Opus 11, deMendelssohn. Além do repertório específico, uma outra marca doconjunto é a execução das obras em instrumentos de época ou emreproduções deles. Esta preocupação existiu desde o início daorquestra e exige, entre outras aspectos, um conhecimentodetalhado dos instrumentos e da disposição adequada do conjuntoorquestral. Haydn e Mozart, assim como Beethoven, estãopresentes nas diversas gravações que o grupo já fez para o seloPhilips (destaque também para registros de Rameau, Purcell eBach). Apesar de trabalhar freqüentemente sem regente, o grupotem desenvolvido importante trabalho com Zehetmair, que, ao ladoda importante carreira de solista de grandes orquestras,desenvolve intensa atividade camerística, explorando umrepertório que vai dos standards do repertório até peças menosexecutadas, como os concertos para violino de Szymanowsky, queele gravou com a City of Birmingham Orchestra. Serviço - Orquestra do Século XVIII. Regente esolista Thomas Zehetmair (violino). Às 21 horas. De R$ 90,00 aR$ 180,00. Teatro Cultura Artística - Sala Esther Mesquita. RuaNestor Pestana, 196, em São Paulo, tel. (11) 258-3616.Patrocínio: Bovespa, Telefônica e Votorantim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.