Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

One Direction ganha elogio até de Pelé em show em SP Com 50 min de atraso

Boy band britânica levou 64 mil espectadores à histeria no Morumbi, quase o dobro do público carioca

Gabriel Perline, O Estado de S. Paulo

10 de maio de 2014 | 23h04

Após 50 minutos de atraso, a boy band One Direction subiu ao palco no Estádio do Morumbi, em São Paulo, às 20h20 deste sábado, 10, sob gritos histéricos de milhares de adolescentes. No meio da apresentação, Pelé apareceu nos telões para dizer que era fã do fenômeno pop. Ele prometeu enviar camisas da seleção para os ingleses e os convidou para tocar guitarra juntos, em vez de jogar futebol. Neste domingo, a banda volta a se apresentar na capital. Com ingressos esgotados, 64 mil espectadores assistiram à performance - no Rio, na quinta-feira, foram 35 mil pessoas.

É a primeira vez do grupo no País. Formada em 2010 em um show de talentos de televisão, o The X Factor inglês, o grupo é composto por Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan e Zayn Malik. São responsáveis por resgatar a moda das boy bands, febre nos anos 1990. Assim que os músicos surgiram no palco, os adolescentes atingiram decibéis ensurdecedores, mantidos até o fim, capazes de fazer, por diversas vezes, o som do grupo ser ofuscado. O público estava com o repertório na ponta da língua e, em meio a lágrimas e declarações de amor, acompanhou os artistas durante 23 músicas.

No repertório estiveram hits como Story Of My Life, What Makes You Beautiful e Best Song Ever. Se a intenção do coro era chamar a atenção dos rapazes de 20 e poucos anos, São Paulo conseguiu. "Vocês são nosso maior público. Entraram para a história do One Direction", disse Liam Payne nos primeiros minutos do show, para afagar os adolescentes. "Nunca vou esquecer esta noite. Foi o melhor show que já fizemos até hoje", afirmou Niall Horan. Até pais se revelaram fãs da banda. "Chegamos às 8h e ficamos lá na frente, quase grudadas na grade, mas tivemos de sair porque começaram a empurrar e nos esmagar", disse a engenheira Monica Robalo, que saiu de Santo André com a filha Nathalia, de 13 anos, para assistir ao show. "Contando com os ingressos, estacionamento, alimentação e todas as outras coisinhas, gastei R$ 1.300 comigo e minha filha. Compramos os ingressos em junho do ano passado e também sou fã", disse Monica.

 Antes de o grupo britânico começar a apresentação, a boy band brasileira P9 foi escalada para abrir a noite. O show de hoje do One Direction encerra a etapa sul-americana de Where We Are Tour, iniciada na Colômbia. Segue para Europa, Canadá e termina no dia 5 de outubro em Miami.

Tudo o que sabemos sobre:
One DirectionMorumbisao paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.