Robyn Beck / AFP
Robyn Beck / AFP

Olivia Newton-John é diagnosticada com câncer pela terceira vez

Atriz e cantora foi submetida a radioterapia e terapias naturais, como uso do óleo de cannabis, e diz estar se sentindo bem

AFP

11 Setembro 2018 | 10h07

A atriz e cantora australiana Olivia Newton-John revelou que foi diagnosticada com um câncer pela terceira vez. A artista, de 69 anos, afirmou à emissora Channel Seven da Austrália que os médicos diagnosticaram um tumor na base da coluna vertebral e que foi submetida a radioterapia. Ela também afirmou que segue terapias naturais, como o uso de óleo de cannabis.

"Eu ainda estou em tratamento, e estou muito bem", afirmou no domingo ao canal em sua residência na Califórnia a artista, famosa também por seu papel no musical Grease.

Olivia Newton-John foi diagnosticada com um câncer de mama em 1992 e superou a doença. Em 2013 os médicos descobriram um tumor no ombro.

A cantora admitiu momentos de tristeza, mas afirmou que tenta manter o otimismo.

Olivia Newton-John, que apoia várias associações de luta contra o câncer, afirmou que deseja ver a legalização da maconha para uso medicinal na Austrália, como acontece em vários estados americanos.

"Tenho muita sorte de viver em um estado onde é legal", disse, antes de afirmar que seu marido, John Easterling, "prepara pomadas" que ajudam a aliviar a dor.

Mais conteúdo sobre:
Olivia Newton Johncâncer

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.