Oficina da Vida faz leilão beneficente

Sob coordenação do marchand Roberto Camargo, a Oficina da Vida organiza entre os dias 23 e 30 a Mostra de Arte Beneficente. Além de apreciar raridades, os visitantes poderão também comprar O Jardim, de Tarsila do Amaral, e o oléo Natureza Morta com Cazari, de Di Cavalcanti, que ficará em frente de duas outras tentações: um abstrato de Nabu Mambi e Figura de Mulher, de Cândido Portinari. Ao todo serão cerca de 120 obras.A presença de Renot, Gomide, Ismael Nery, Dario Mecatti, Mário Zanini, Penacchi, Clóvis Graciano, Aldemir Martins, entre outros, promete fazer da visita ao evento uma agradável boa ação, já que todos eles serão leiloados em prol do Fundo Social de Solidariedade do Estado.Segundo o leiloeiro oficial da exposição, Reinaldo Marques, o acervo - que também conta com as esculturas Guerreiro, de Bruno Jorge, e Anjo, de Victor Brecheret - foi reunido com a ajuda de doações de colecionadores e instituições nacionais, mas muitas não terão seus nomes divulgados. "Por ser um leilão beneficente, haverá lotes de lances livres e outros com preços estipulados", explicou. As apostas devem variar de R$ 500 a R$ 200 mil. Roberto Camargo complementa a exposição exibindo vídeos com declarações de personalidades como Juscelino Kubtscheck, Penacchi e Roberto Sodré.Museu da Casa Brasileira - Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705. De 23 a 30 de outubro. Das 13 às 20 horas. O leilão será realizado às 21 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.