ALEX SILVA/ESTADAO
ALEX SILVA/ESTADAO

Odair José na Variant: 'Eu perdi duas décadas por causa das drogas'

Segundo passageiro da série 'Na Variant com Julio Maria', cantor fala dos anos em que lançou seus piores álbuns e lembra de momentos históricos da carreira

O Estado de S.Paulo, O Estado de S.Paulo

29 de outubro de 2019 | 19h54

O cantor Odair José, segundo passageiro da série Na Variant com Julio Maria, fala ao jornalista sobre como perdeu duas décadas de carreira por ter se envolvido com drogas. "Os anos 80 e 90 foram perdidos", ele diz, falando sobre seus discos. "Comecei a fumar muita maconha, cheirar muita cocaína. Me tornei um artista descuidado." Ele diz que sua melhor fase está entre 1970 e 1970. "Aí eu fui genial". E avalia que o Odair de hoje voltou a ser esse homem no início de carreira.

Enquanto passam em frente ao Palácio de Convenções do Anhembi, na zona norte de São Paulo, Odair lembra do episódio em que Caetano Veloso o defendeu de uma vaia histórica que ocorreu durante a apresentação do cantor baiano no festival Phono 73, no palco do Anhembi, em 1973. "Aquilo ficou meio desconmfortável, mas eu era naquele momento a bola da vez. Estava acostumado a cantar para uma multidão muito maior do que aquela."

Veja o vídeo na íntegra:

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.