Obra recuperada de Puccini tem estréia mundial

Uma obra do compositor italiano Giacomo Puccini, que visitou a Argentina em 1905, teve sua estréia mundial na noite passada no salão de honra de um tradicional edifício de Buenos Aires, onde foi escrita por seu autor há pouco mais de um século. A peça foi encontrada pelos pesquisadores argentinos Daniel Varacalli Costas e Gustavo Gabriel Otero, que apresentaram, na última quarta-feira, seu livro Puccini en Argentina - Junio/Agosto 1905, dedicado a essa visita do autor de La Bohéme, Madama Butterfly, Tosca e La fanciulla del West, entre tantas outras óperas conhecidas. A obra recuperada pelos pesquisadores é a marcha Dios y Patria, que permaneceu, durante 100 anos, nos arquivos do jornal argentino La Prensa. O jornal funcionava no edifício que ontem à noite abrigou a estréia mundial e onde se hospedou Puccini em 1905. O prédio é agora sede do Ministério da Cultura da Cidade de Buenos Aires.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.