Oasis suspende concerto após chuva de garrafadas

O grupo britânico Oasis se apresentava para 30 mil pessoas, domingo à noite, no festival de música do Sudoeste, quando foi obrigado a abandonar o palco sob uma verdadeira "chuva" de projéteis. Entre os artefatos lançados pela platéia: botinas, garrafas e tênis. É a Segunda vez em menos de um mês que o Oasis é expulso do palco pelos seus fãs - a primeira foi na Suiça. A banda, em pronunciamento oficial, declarou que "um pequeno grupo de desordeiros" foi responsável pelo lançamento das garrafas e outros objetos. Uma pedra acertou o baterista Alan White no ombro. Os integrantes qualificaram como vandalismo a atitude desses espectadores.Entretanto, os organizadores do festival disseram ignorar o fato de o público ter lançado objetos no palco e culparam a banda pelo incidente. "O problema foi a atitude do Oasis", anunciou a empresa responsável pela produção do evento, Música no Coração. Para sustentar os argumentos apresentados, pronunciaram desconhecer quaisquer outros incidentes durantes os três dias de festival.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.