Oasis se apresenta em SP e brinca sobre a chuva

Som do Anhembi apresentou falha durante a apresentação do Cachorro Grande, que aqueceu a plateia

Mônica Aquino, do estadao.com.br,

09 de maio de 2009 | 20h45

Mais uma vez, a chuva resolver dar as caras em um show do Oasis na capital paulista. E assim como em 2006, o tempo fez os irmãos Gallagher brincarem com o público - gesto pouco comum para um grupo considerado monossilábico no palco. Em uma hora e meia, a banda mostrou canções do novo álbum e antigos hits como Wonderwall, Cigarrets and Alcohol, Morning Glory, Supersonic, Don't Look Back In Anger, Champagne Supernova e o cover dos Beatles I Am The Walrus, que encerrou o show deste sábado.

 

Veja especial sobre Oasis

A chuva deu trégua durante a apresentação do grupo inglês - que entrou no palco pontualmente às 22h no Anhembi. Como previsto, os irmãos Gallagher abriram o show com Fuckin' In The Bushes e emendaram com Rock 'n' Roll Star, que logo levantou o público. Liam e Noel Gallagher  se revezaram nas canções e como sempre não interagiram muito entre si. Noel assumiu o show sempre que o irmão deixava o palco, Liam saiu duas vezes, e era aclamado pelo público, que vibrava com a volta do caçula. Os irmãos Gallagher não deixaram a fama de lado e chegaram a ameaçar parar o show no meio caso o público da platéia VIP não parasse de arremessar coisas no palco.

No entanto, Liam agradeceu várias vezes o público de São Paulo, chegou a elogiar a platéia, coisa rara vindo do intempestivo rockeiro, e até arriscou pequenas frases em um português arrastado. O grupo de Manchester elogiou a cidade e fez piada com a chuva que caía na capital paulista. Para introduzir The Masterplan, disse que São Paulo é a segunda Manchester, o que alegrou os fãs.

A primeira parte do show terminou por volta das 23h20, quando a chuva já havia parado totalmente a lua dava as caras no céu do Anhembi. Foi neste clima que Noel voltou ao palco com a banda, mas sem o irmão, para cantar a melódica Don't Look Back In Anger apenas ao som de sua guitarra. Liam voltou ao palco para puxar Falling Down e Champagne Supernova.

Ao final, Liam deixou o palco dizendo que o público foi "incrível, como sempre" , o último gesto de uma série de demonstrações de simpatia que fez a alegria dos fãs brasileiros e impressionaria até os mais céticos. De brinde, uma versão cover de I Am The Walrus, clássico dos Beatles - os irmãos Gallagher chegaram a afirmar que são melhores que o quarteto de Liverpool. A música fechou a apresentação com direito a várias experimentações de Noel nas guitarras.

 

Abertura

 

O show de abertura, que ficou por conta do Cachorro Grande, sofreu com uma falha de parte do sistema de som do Anhembi, o que impediu que uma seção da plateia ouvisse parte da apresentação. O som melhorou ao longo da performance, encerrada também com um cover dos Beatles, no caso Helter Skelter.

(com Gabriel Pinheiro, do estadao.com.br)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.