Oasis faz único show em SP

De novo, pela terceira vez em uma década, estamos diantedessa animalidade do rock inglês, a banda Oasis, chegou hoje ao País para uma única apresentação, nesta quarta-feira, às 21horas, no estacionamento do Credicard Hall. Foram vendidos todosos 14 mil ingressos e há 1.000 convidados, o que dá um públicoprevisto de 15 mil pessoas. A abertura é dos meninos do Moptop, uma banda cariocabem bacana com guitarras bem tocadas, um vocalista cool e semcomplexo de inferioridade em relação ao rock inglês. Os portõesdo estacionamento do Credicard Hall serão abertos às 18 horas. Acensura é de 14 anos. Não será permitida a entrada de menores de10 anos (de 10 a 13 anos, podem entrar com pais ou responsáveis) Encabeçada pelos irmãos Noel (composição, guitarra evoz) e Liam Gallagher (voz), o Oasis é a banda que deu um novosentido ao triângulo jurídico "calúnia, injúria e difamação".Não é por acaso que seu agente de turnês é identificado pelonome Noise & Confusion Touring Co Ltd. (Barulho & ConfusãoCompanhia de Turnês Ltda.). Banda que nasceu gigante, tendo suas primeiras canções(como Live Forever e Wonderwall) equiparadas às dos Beatlesnas listas de Melhores do Século, o grupo decaiu ao longo dosanos. Sua história recente está marcada pelo infortúnioartístico. Explica-se: em 1997, lançaram o álbum Be Here Now(o sucessor dos seus discos-fenômeno, Definitely Maybe eWhat?s the Story (Morning Glory)?). Mas sabem quem estava láno topo naquele ano? OK Computer, do Radiohead. Quem selembraria dos outros discos médios que disputavam o Olimpo popda época? Bom, mas eles ainda tinham crédito, e voltaram a tentarem 1998, com The Masterplan; em 2000, com Standing on theShoulder of Giants; e em 2002, com Heathen Chemistry. Emborafossem discos até razoáveis, não convenciam mais - outras bandasmais novas e entusiasmadas surgiam, e outros hooligans com maistalento para a encrenca foram aparecendo (como o trôpego PeteDoherty, ex-Libertines). Mas eis que, finalmente, em setembro passado, o Oasislançou um novo e convincente disco, Don?t Believe the Truth."Os Reis do Rock britânico estão de volta", sentenciou a revistaMojo. Pelo menos duas canções desse disco são dignas defigurar entre os grandes momentos do rock nessa década: Part ofthe Queue e The Importance of Being Idle. Além de tudo, Don?t Believe the Truth é um formidávelsucesso de público: já vendeu mais de 2 milhões de cópias mundoafora. O baterista que vem com eles merece especial atenção:trata-se de Zak Starkey, o filho de Ringo Starr, o homem sortudoque cuidou da cozinha dos Beatles.Oasis. Credicard Hall - Estacionamento (14.000 pessoas). Av. dasNações Unidas, 17.955, Sto. Amaro, 6846-6000; entrada pela R.Bento Branco de Andrade Filho, 400. Quarta, 21h. R$ 120 aR$ 250. Atenção: os ingressos estão esgotados

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.