"O U2 é irlandês. Deus é brasileiro", diz Bono

"O U2 é irlandês. Deus é brasileiro", disse um extasiado Bono Vox durante o show que sacudiu o Morumbi, lotado com 73 mil pessoas. Hoje em dia as bandas aparecem e desaparecem muito rápido", dizia o "experiente" Alisson Kameya, de 18 anos, logo depois do show da banda que abriu nesta noite. Alisson e seus amigos faziam parte destes quatro mil primeiros fãs a chegarem no estádio que tiveram acesso livre à "hot area". "E nem precisamos dormir aqui na porta. Chegamos por volta das dez da manhã", emendou Gustavo Fiany, de 19. Os organizadores do evento foram rigorosos quanto à entrada de celulares que tiram fotos e câmeras fotográficas, para a infelicidade de muitos fãs.Mas sempre há quem consegue burlar o esquema e na "hot area" viam-se muitos posando para fotos memoráveis. Por falar em ingressos, os fãs cearenses Camila Albuquerque, de 21 anos, Mariano Albuquerque (irmão de Camila, de 25, e Marcos Spanholi, de 22, conseguiram comprar ontem no Shopping Morumbi ingressos para arquibancada do show de hoje. "Para o show de hoje (segunda) fizemos o maior esforço para conseguir. Foi uma batalha por telefone. Fora o dinheiro da passagem e hospedagem. Aí, chegamos no shopping e não havia fila nem nada. Compramos, claro, três para ver amanhã de novo", orgulhavam-se. Cada um do trio gastou cerca de R$1500 para ver o U2 ao vivo. "Já estávamos cogitando ir para o exterior para vê-lo. Então, este gasto nem é tão grande. Mas vou passar o ano pagando as parcelas para meu pai", brincou Camila. Durante todo o show da banda irlandesa houve congestionamento nas linhas de telefone celular. Com muito custo se conseguia completar uma ligação e, com alguma sorte, receber uma chamada. Nem a operadora Claro, uma das patrocinadores do show, se salvou.O efetivo policial que se viu no lado de fora do estádio surpreendeu. Raro se ver um esquema tão grande em shows nos estádios. Cerca de 700 policiais, da PM, Cavalaria, GCM, Deic e Polícia Federal, estão espalhados por todos os cantos, a pé e em viaturas.

Agencia Estado,

20 de fevereiro de 2006 | 23h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.