Janerik Henriksson/Reuters
Janerik Henriksson/Reuters

O tenor Plácido Domingo vai passar por cirugia

Nancy Seltzer, agente do aclamado tenor espanhol, definiu a intervenção somente como 'preventiva'

AP/EFE,

24 Fevereiro 2010 | 19h53

Plácido Domingo vai se submeter a uma cirurgia preventiva no próximo fim de semana, após ter sofrido uma forte dor abdominal, em Tóquio, onde apresentava a "Gala Domingo", uma seleção operística na qual dá vida a personagens marcantes de sua carreira, como "Otello" de Verdi e Don José de "Carmen".

 

Nancy Seltzer, agente do aclamado tenor espanhol, descreveu o procedimento somente como uma cirurgia "preventiva recomendada pelos médicos", e que será realizada em um hospital de Nova York.

 

Com a notícia da cirurgia foi cancelada a apresentação do cantor em Londres na ópera de Haendel "Tamerlano", segundo informou a Royal Opera House de Covent Garden.

 

Nanci acrescentou que o cantor de 69 anos espera voltar aos palcos após um período de recuperação de cerca de seis semanas. "Depois da operação, haverá um diagnóstico mais confiável sobre a data de regresso de Domingo a seu calendário de atividades", disse sua agente.

 

Plácido Domingo é um dos maiores cantores de ópera do mundo, além de ser diretor geral da Ópera de Los Angeles e da de Ópera Nacional de Washington.

Mais conteúdo sobre:
Plácido Domingo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.