O rapper Kevin Federline, marido de Britney

A estréia de Kevin Federline como rapper mostrou que ele não é somente o marido de alguém famoso. Neste caso, da pop-star norte-americana Britney Spears. PopoZão, a música de Federline fortemente influenciada pelo funk carioca, é sinônimo de sucesso nas boates norte-americanas e famosa na internet. A música dura três minutos e o rap menos de um minuto.Visite o site de Federline e ouça "PopoZão"Mas popularidade não é sinônimo de qualidade. Foi o que ficou claro pela resposta das revistas espanholas Entertainment Weekly e Billboard ao novo rapper. Esta última classificou a produção de Federline como "um monumento à mediocridade"."O bom é que ele está recebendo muita atenção. O ruim é que 75% dos que o escutam estão reprovando o rap", disse Brian Isquith, diretor executivo da AOL Music. Federline não dá muita atenção às críticas negativas porque, segundo ele, isso é natural quando se lança um disco novo. "Não me preocupa nada disso", disse ele, em entrevista à AP na semana passada. "No final das contas, a própria música dará a última palavra", completou.O rapper desmentiu o boato de que sua relação com Spears, com quem tem um filho, atravessa um mal momento provocado por suas freqüentes saídas a noite. "Amo meus filhos, sou um pai orgulhoso, um marido feliz e tudo isso", disse, afirmando que tem passado a maior parte de seu tempo trabalhando no álbum.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.