O que Caetano, de fato, disse

Por uma falha de edição de nossa responsabilidade, a síntese de um trecho da entrevista de Caetano Veloso foi publicado fora do contexto em que ele realmente se expressou. O trecho estava na seqüência da seguinte pergunta: O que você tem escutado de melhor e de pior? Caetano Veloso - "Um sujeito educado e maduro deve agir como Chico Buarque; não dar palpite sobre o trabalho dos outros. Como não sou educado ou maduro, falo mesmo. Shows que adorei foram do Nação Zumbi, o do Tom Zé e o do Lulu Santos. O disco da Rebecca da Mata é muito bacana". E de ruim? Como resposta a essa pergunta, a frase publicada foi: Caetano - "Quer que eu diga mesmo? Bom, odeio esta música que o Zeca Baleiro fez que fala de lenha, sei lá o que... (Lenha). A Simone gravou e ficou mais horrível. Ele cantando é suportável, mas com ela é horrendo. Pronto, falei". O trecho integral, conforme transcrição da fita onde foi gravada a entrevista, é o seguinte: Caetano veloso- "Tem coisas que eu ouço e não gosto. Posso lhe dizer. Eu gosto do Zeca Baleiro, eu adoro a música que se chama Bandeira, adoro aquilo, ele canta bem. Mas eu odeio esta música que fala ´a lenha, não sei o quê...´ que Simone gravou e ele também gravou (Caetano canta ´o que quer dizer, eu não sei dizer, o que quer dizer, o que eu vou dizer...´) Qual é o nome desta música? E a Simone eu acho muito boa cantora. Quer ver uma injustiça que aconteceu? O disco da Simone com músicas do Martinho da Vila eu acho divino, divino, ninguém disse nada, ninguém disse nada, entendeu? Ficou, finge que não é nada. Aquilo é divino. O repertório dele fez bem a ela - aquele disco é de eu botar em casa, sozinho de tanto que eu gostei - e ela fez bem ao repertório dele. Ela deu clareza àquelas composições, é lindo. E foi um projeto pensado pela gravadora de uma cantora que cantaria um autor, combinado, não sei como foi, mas é lindo, é maravilhoso o resultado. E ela é uma grande cantora, muito boa, eu adoro. Uma voz muito bonita e que faz muito bem.E este disco é um grande disco. Mas ela cantando Lenha..., a gravação do Zeca é mais... é uma música chata, mas é mais agüentável. Mas a da Simone é insuportável. Então, tô dizendo isso porque, porque eu não tenho educação. Ao mesmo tempo estou dizendo que amo estas pessoas. Por mil outras coisas que elas são e fazem e coisas, como no caso do disco da Simone, que não foram sequer reconhecidas pela crítica. Imerecidamente, porque foi um grande disco." "Mas essas coisas às vezes também mudam. Por isso que o Chico Buarque está certo de ficar calado. Quando saiu o disco Luz, do Djavan, que foi um dos discos que eu mais adorei na minha vida, eu adoro o Djavan, saiu o disco e eu achei o disco o máximo. Mas uma música que chama, é..., Pétala, eu não gostei na época e disse isso a Djavan. Mas passou um tempo e eu me apaixonei pela música. Então estou dizendo que estas coisas mudam".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.