O que as mulheres vêem nele?

"Não se afobe não, que nada é parajá/O amor não tem pressa, ele pode esperar" - canta Chico nosversos da canção "Futuros Amantes". "Claro, Chico, eu espero, otempo que você quiser", suspira a ouvinte. Essa cena, fictícia,representa um desejo feminino bastante comum, e não restrito aadolescentes, quando se trata de Chico Buarque. Já se tornou folclórica a sedução que Chico exerce sobreas mulheres. Mas agora falando sério, por que ele é tãoatraente? A julgar pelas entrevistas colhidas pela reportagem,um dos aspectos fundamentais - para além da evidente beleza desua poética e de seus olhos - é a sua discrição, a formaelegante como preserva sua vida privada, qualidade atualmenterara entre famosos, cada vez mais falastrões, exibicionistas,prepotentes e tolos. "É uma qualidade fantástica a forma como ele sepreserva", diz a jovem atriz e produtora Fernanda D´Umbra. "Oshomens ficaram muito pavões de uns tempos para cá. O Chico nuncacaiu nessa. Apesar de ser uma figura pública, ele fica na dele,joga futebol com os amigos, leva a mesma vida de sempre. Jamaisfoi seduzido por esse glamour cafonérrimo de programas detelevisão ou revistas de celebridades. Isso é muito atraente." A experiente atriz e diretora Denise Weinberg concorda."Ele nunca está envolvido em fofocas, sabe preservar suadignidade. Aquele jeitinho contido cativa as mulheres, sobretudoas fortes, é uma atração fatal", brinca. "Atrai nele adiscrição. Foi admirável a forma elegante como lidou com aseparação. E ele vem conseguindo manter a mesma atitude ética edigna em todas as fases da vida. Ao contrário de outros artistasque eu admirava, ele está envelhecendo muito bem", observa atradutora e ensaísta Fatima Saadi. Se a discrição é a qualidade mais apontada no ´homem´Chico, a obra é admirada sob muitos ângulos. Porém, o que maisseduz as mulheres é a forma como ele as retrata em suas músicas."Nenhum outro compositor compreende a alma feminina como ele.Ele tem uma capacidade ímpar de traduzir poeticamente as coisasmais cotidianas do amor", diz Walderez de Barrros. Para reforçarseu argumento, ela lembra os versos de uma canção sobreseparação, "Eu te Amo": "como (partir) se na desordem do armárioembutido/meu paletó enlaça o teu vestido/e teu sapato ainda pisano meu" ou "teus seios ainda estão nas minhas mãos". "É lindoisso! São essas pequenas coisas que doem mais fundo nessemomento." Bem semelhante é o pensamento da atriz Denise Weinberg."Ele lida com o prosaico de forma tão poética que o transcende.Por exemplo: ´todo dia ela faz tudo sempre igual´. É simplesdemais, porém a gente ouve isso e chora." Ambas, Walderez eDenise, ressaltam o misto de simplicidade e sofisticação comouma das mais sedutoras virtudes de Chico. "Não é fácil sersimples. A cada vez que um diretor diz ´é simples´ eu ficoarrepiada, pois isso é muito difícil", diz Walderez. "Chico falado caos urbano, de crianças de rua, de traição, de amor, comharmonias e arranjos sofisticados, que emocionam, porém sãocantáveis e podem ser tamborilados na mesa do bar. Atingir osimples, requer muita humildade. E isso cativa", completaDenise. Fernanda D´Umbra não fica atrás em sua admiração aocompositor. "Chico escreve muito bem e isso é extremamentesedutor. Nenhuma mulher fica imune a seus versos. Ele é um poetasensível e um profundo conhecedor da língua portuguesa. Chico éa prova cabal de que é possível ser sofisticado e popular a umsó tempo." Como se não bastasse ética, elegância, sensibilidade etalento - ainda tem aqueles olhos verdes! "Além de tudo ele éfisicamente lindo. Nem precisava, mas é. Não se pode esquecerisso, jamais", ressalta Fernanda. "Ele foi um jovem lindo;amadureceu e ficou um homem lindo e, se a gente tiver sorte eespero que tenhamos, ele vai viver muito e vai se tornar umvelho lindo."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.