Rafael Arbex|Estadão
Rafael Arbex|Estadão

'O clipe não é mais do que ele parece ser', diz Clarice Falcão

'Reação violenta fala mais sobre quem assistiu do que sobre as imagens', escreveu. Vídeo de 'Eu Escolhi Você' foi removido do YouTube

O Estado de S.Paulo

24 Dezembro 2016 | 12h52

Clarice Falcão falou sobre o polêmico clipe da música Eu Escolhi Você. "É muito estranho ver as pessoas falando do clipe usando termos como casting, marketing, branding, crowd-networking-truck-liquid-trucking. O clipe foi feito em uma noite na minha casa com amigos se divertindo, e sequer tem um diretor de fotografia", afirmou a cantora em um post publicado em sua conta oficial no Facebook na madrugada desta sexta-feira, 24.

Eu Escolhi Você foi publicado no Facebook nesta quinta-feira, 22, um dia depois de o vídeo ter sido removido do YouTube por "violar as políticas do site sobre nudez ou conteúdo sexual". ""Se eu quisesse fazer o clipe mais revolucionário da década eu juro que tinha chamado um diretor de fotografia", complementa a cantora no comunicado.

Entenda. A cantora lançou na noite da última terça-feira, 20, o vídeo de Eu Escolhi Você, terceira música do segundo disco dela, Problema Meu (2016). O vídeo é 'estrelado' por genitálias masculinas e femininas, enquanto Clarice versa, com a sagacidade ácida dela, sobre o fato da pessoa escolhida por ela para viver um amor que é "o que sobrou", depois que outras "49 (pessoas) desistiram".

"Se não for para causar, melhor nem lançar nada", escreveu a cantora, atriz e escritora no Twitter. Ela ainda tentou explicar, na mesma rede social, que o vídeo trazia o aviso de que seria impróprio para menores de 18 anos e "nudez não sexualizada é permitida".

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.