Nova filha de Madonna deixa Malauí com babá, diz jornal

Funcionários do Hotel Kumbali Lodge e do aeroporto confirmaram que a menina foi embora

EFE,

20 de junho de 2009 | 21h47

Chifundo "Mercy" Jame, a menina de 4 anos adotada pela cantora Madonna no Malauí, deixou neste sábado, 20, o país num voo especial, que a levará até sua nova família, informa o site do jornal malauiano Nyasa Times.

 

Funcionários do Hotel Kumbali Lodge confirmaram que a menina foi embora com uma babá e uma enfermeira. As duas chegaram nesta semana ao país para receber e levar a menina, que na quarta-feira recebeu da embaixada americana em Lilongwe o visto para entrar nos Estados Unidos.

 

Os empregados do estabelecimento disseram ainda que Mercy, a segunda criança adotada por Madonna no Malauí, é "uma menina bonita, limpa" e que recebe "aulas de inglês", embora o conhecimento dela sobre este idioma ainda seja muito básico.

 

Autoridades do Aeroporto Internacional Kamuzu, na capital malauiana, disseram que a menina deixou o país num jato particular, possivelmente tendo Londres como destino. Além da babá e da enfermeira, ela foi acompanhada por vários seguranças.

 

Mercy, cuja mãe morreu pouco após o seu nascimento, passou toda a vida num orfanato do sul do Malauí.

Tudo o que sabemos sobre:
Madonnaadoçãonova filhaMercy

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.