Nos EUA, gravadoras baixam preço do CD

A queda de 5% nas vendas de discos nos EstadosUnidos em 2001 trouxe pelo menos uma vantagem para oconsumidor: descontos. As gravadoras americanas passaram autilizar a estratégia de baixar drasticamente o preço dos CDsnas primeiras semanas de lançamento, para poder emplacar ostrabalhos nas listas de mais vendidos da Billboard. Assim, onovo disco de Bruce Springsteen, The Rising, foi parar noprimeiro lugar da lista com uma pequena ajuda do preçopromocional de US$ 9,99 (o preço normal seria entre US$ 14,99 eUS$ 16,99). A estratégia também ajudou o Red Hot Chilli Peppers,que conseguiu ter 282 mil cópias vendidas de seu novo disco Bythe Way, em apenas uma semana. No caso de bandas novas, como ametaleira TRUSTCompany, que está no 11º lugar, o preço foireduzido a US$ 6,99. A presença dos álbuns na lista geramais atenção para os discos e impulsiona as vendas nas semanasseguintes, quando o preço volta ao normal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.